Thursday, May 06, 2010

“Bom Dia Brasil”, da Rede Globo, sugere a eutanásia como solução para o abandono de animais


“Abandonados, cachorros e gatos ficam vagando por aí: um risco para a saúde pública”. Esta foi a frase pronunciada pelo jornalista Renato Machado ao abrir uma matéria veiculada pelo telejornal Bom Dia Brasil, nesta terça-feira (4), na Rede Globo, sobre os supostos problemas enfrentados pela sociedade com o abandono de animais.

Segundo a matéria, o número de animais abandonados seria preocupante para a saúde pública, e não um reflexo do descaso e da irresponsabilidade humana.

Durante a reportagem, a apresentadora Renata Vasconcellos se refere ao problema do abandono como uma “dor de cabeça” para a sociedadde, e questiona a jornalista Carla Vilhena sobre o que estariam fazendo as autoridades diante dessa população de animais abandonados. Carla Vilhena responde que são encaminhados aos canis municipais, mas eles já não possuem mais condições físicas para comportar esses animais por muito tempo. Então, ela justifica, na sequência: “o problema é que uma lei aqui em São Paulo proíbe a eutanásia de cães e gatos, ou seja, eles não podem ser mortos”.

Leia a matéria na íntegra e veja o que foi transmitido na TV

3 comments:

João said...

Quero ser consciente
A eutanásia é um ato de amor, segundo a materia publicada no http://www.gazetadopovo.com.br/animal/conteudo.phtml?tl=1&id=998159&tit=Quando-chega-a-hora-de-dizer-adeus. O assunto é tratado de forma tão irresponsável quanto estes multiplicadores de opinião mas sobre os cães com dono e supostamente terminais (como se veterinário sempre tivesse certeza do que faz) o que causa estranheza pois os hospitais ganham muito dinheiro com a humanização de pets mas sugerem que os matem no momento que mais precisam do nosso apoio e carinho. Jornalista ser ignorante, viver de imagem e falar inutilidades sobre o que não dominam é compreensível, mas veterinários viverem seus momentos de glória para falar bobagens tipo morrer não dói... morrer é muito tranquilo e usar apenas opiniões de quem se livrou de seus câes doentes e aparentemente não se arrependem e, não abordar aqueles que viram que a morte do seu animal levou mais do que os cinco minutos mencionados e outros que sofrem com a culpa, fez o texto vazio e manipulado. Este tema não pode ser discutido em uma propaganda de meia página no jornal, nem em um programa de edição de imagens e falas oportunas. Devemos preservar a vida e nos preservar de pessoas e matérias infelizes como estas. Se alguem não gostou do comentário tome uma anestesia. Segundo comentários publicados, "insconsciente não sente nada".

Rebecca said...

Pior que as pessoas acreditam que eutanasia é a forma bonitinho de MATAR alguem. Ai ya yai

Bárbara DSa said...

Que absurdo, como é que a pessoa faz uma matéria dessa se preocupando somente com a "saúde pública" U_U. Que egoísmo.